Diretor da Defesa Civil do RJ é demitido após queimar donativos

Doações estragaram por conta das péssimas condições de armazenamento; denúncia foi feita pelo 'O Dia'

Marcelo Auler, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2009 | 20h51

A queima de uma grande quantidade de roupas e donativos para vítimas das recentes enchentes no sul do País e no norte do Estado do Rio provocou a exoneração do diretor-geral da Defesa Civil do Estado, coronel bombeiro Djalma Souza Filho, em pleno fim de semana.   A denúncia das doações queimadas após terem se estragado por conta do péssimo armazenamento foi feita no sábado pelo jornal O Dia, inclusive com foto da imensa fogueira feita sexta-feira, no pátio de um quartel dos bombeiros.   A demissão do oficial foi decidida no mesmo dia, pelo subsecretário de Defesa Civil e comandante do Corpo de Bombeiro do Rio, coronel Pedro Machado. Nesta segunda-feira, 1º, ele anunciará o nome do substituto de Souza Filho e as providências para aproveitamento do resto das doações que permanecem armazenadas em péssimo estado no mesmo quartel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.