Diretor de cooperativa de perueiros é assassinado

Um dos diretores da Transcooper, maior cooperativa de perueiros de São Paulo, foi assassinado na manhã desta sexta-feira, 25, no km 1,5 do Rodoanel, região de Perus, zona oeste da capital. Francisco Manuel do Vale, de 40 anos, estava seqüestrado desde a madrugada de quinta-feira. A família dele chegou a pagar R$ 120 mil de resgate e nem assim a vítima foi libertada com vida. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por vingança, mas não descarta a hipótese relações com integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, a polícia já tem o retrato falado de três suspeitos de participação no seqüestro e morte de Vale.Com 1.200 microônibus, a Transcooper é a maior cooperativa do sistema de transportes da capital, que têm oito cooperativas operando.Ampliada às 18h28

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.