Diretor de escola de samba morre na entrada da Sapucaí

O diretor de carnaval da Acadêmicos de Santa Cruz, Carlos Augusto de Oliveira, nãoconseguiu ver seu trabalho deste ano concluído na Marques de Sapucaí. Ainda na concentração, quando conduzia a ala das baianas para a entrada do desfile, na noite do sábado, Oliveira teve um ataque cardíaco fulminante.O clima de consternação tomou conta da diretoria da escola durante o desfile, que por pouco não ultrapassa o horário regulamentar. Visivelmente abalado, o presidente da Santa Cruz, Moysés Antônio Coutinho Filho, foi pessoalmente pela manhã retirar o corpo do diretor do Instituto Médico Legal (IML).?Não perdi apenas um diretor de carnaval, mas também um grande amigo. Um parceiro de muitos anos?, lamentou o presidente. ?Ele estava finalizando a entrada da escola na Sapucaí, quando caiu e morreu na hora?, lembrou.Oliveira tinha 54 anos e estava na escola desde 1989. O corpo do diretor foi velado na quadra da verde e branco, em Santa Cruz, zona oeste da cidade, e o enterro foi marcado para 16h30 no cemitério Jardim da Saudade.

Agencia Estado,

22 de fevereiro de 2004 | 15h07

Tudo o que sabemos sobre:
carnavalcarnaval 2004

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.