AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Diretor de faculdade é executado em SP

O diretor-geral da Faculdade Paulista de Artes, Luiz Rogério Tellis Scaglione, de 37 anos, foi executado, a tiros, por volta das 22h30 de ontem, em frente à faculdade, na Rua Martiniano de Carvalho, nº 141, na Bela Vista, região central da cidade de São Paulo. Segundo o chefe da segurança da faculdade, José Ricardo dos Santos, Scaglione, que é filho de um dos diretores que integram o Conselho Administrativo da Faculdade Ibero-americana, estava parado na calçada oposta à do portão principal da faculdade, esperando por uma carona, quando dois jovens, vestindo roupas escuras, passaram a pé em frente ao portão, atravessaram a rua e, a cinco metros de distância de Luiz Rogério, chamaram pelo nome dele e atiraram várias vezes. Três tiros atingiram a vítima: um no rosto, outro nas costas e outro no braço direito. Policiais militares ainda encaminharam Luiz para o Pronto-socorro do Hospital do Servidor Público Municipal (PS Vergueiro), onde, às 23h05, a vítima já chegou morta. O caso foi registrado no 5º Distrito Policial, da Aclimação, pelo delegado Silvio Luiz Maciel, que ainda não tem pistas sobre os assassinos, mas não descarta a hipótese de crime de vingança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.