Diretor de jornal do ABC paulista é morto no Guarujá

O diretor-executivo do Hoje Jornal, publicação com sede em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista, Manoel Paulino, e a advogada Camila Francisco, que prestava serviços ao jornal, foram mortos a tiros na manhã desta quinta-feira, 20, no bairro de Santa Rosa, no Guarujá, litoral sul de São Paulo. As primeiras informações dão conta de que ele teria reagido a uma tentativa de seqüestro.O crime ocorreu por volta das 9h30. Baleado, Manoel perdeu o controle do veículo e bateu em um muro. O carro chegou a pegar fogo. Eles foram socorridos e levados ao Pronto-Socorro Santo Amaro, mas não resistiram aos ferimentos. O caso foi registrado na delegacia sede de Guarujá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.