Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Diretor de polícia é morto em tentativa de assalto

O diretor da Central de Comunicação da Polícia Civil (Cecopol), Ubiratan Potiguassu deOliveira, de 59 anos, foi morto durante tentativa de assalto na porta de casa, emHigienópolis, zona norte do Rio, na noite desta segunda-feira. A polícia acredita que elemorreu porque foi reconhecido como policial.Oliveira, que era perito criminal, chegava à sua casa, no nº 123 da Rua Ubiratan, em um Gol branco da Cecopol, por volta das 21 horas. Três bandidos, armados e num Kadett, anunciaram o assalto e dispararam três vezes contra o policial, atingido no peito, braço e na perna.?Ele não teve tempo para esboçar uma reação?, disse o delegado Walter Alves, queestá investigando o caso. A mulher de Oliveira e um vizinho assistiram a tudo. Oautomóvel do perito não tinha a inscrição da corporação, mas o delegado acredita queos bandidos perceberam que o automóvel tinha rádio da polícia.O policial foi levado para o Hospital Geral de Bonsucesso e morreu nesta terça de manhã. Ocorpo dele foi enterrado à tarde no Cemitério do Caju, na zona portuária, com apresença de colegas, entre eles o chefe de Polícia Civil, delegado Álvaro Lins.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.