Diretora diz que não sai e ministro da Defesa se irrita

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, se irritou ontem, em Goiânia, ao ouvir de repórteres que a diretora da Anac Denise Abreu havia dito que não pediria afastamento do cargo. ''''Absolutamente não quero saber o que ela possa desejar ou deixar de desejar.''''Jobim evitou falar sobre nomes que poderiam substituir o atual comando da Anac. ''''Vamos aguardar. Há um momento em que não se antecipa decisões'''', disse. ''''Há indícios, mas depois da apuração haverá decisão'''', encerrou.O ministro foi a Goiânia visitar a Brigada de Operações Especiais. Inaugurou o primeiro túnel de vento vertical da América Latina a ser usado em treino de pára-quedistas do Exército.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.