Diretora negocia e põe fim a rebelião em presídio

Pelo menos duas pessoas ficaram levemente feridas durante uma rebelião ocorrida nesta quarta-feira na Penitenciária Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos, no norte do Estado do Rio. A confusão começou por volta das 18h, quando cerca de dez presos tentaram fugir, mas foram contidos por agentes penitenciários.Eles, porém, fizeram dois agentes reféns e exigiram a transferência do grupo para outra prisão. Depois de mais de duas horas e meia de negociação, a diretora Maria dos Anjos dos Santos prometeu transferir os presos e conseguiu acabar com o tumulto. O presídio abriga 360 presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.