Discussão de trânsito termina em morte na USP

Uma discussão de trânsito resultou em morte, por volta das 20 horas de ontem, no estacionamento da Faculdade de Psicologia da USP, na Cidade Universitária. Um homem ainda não identificado, que estava em um Corsa Sedan, azul, sacou um revólver de calibre 38 e deu três disparos contra o supervisor de projetos Júlio da Silva Meli, de 41 anos, que morreu quando era atendido no Hospital Universitário. Segundo testemunhas, a confusão começou quando a vítima e o homem do Corsa Sedan trafegavam pela rua Lúcio Martins Rodrigues. A vítima teria ultrapassado o outro veículo com seu Corsa branco, obrigando-o a parar. Segundo testemunhas, ao descer do carro e se dirigir até a janela do outro veículo, Júlio da Silva Meli foi acertado pelos tiros. Enquanto testemunhas e a Guarda Universitária socorriam a vítima, o homem do Corsa Sedan fugiu. A polícia ainda não conseguiu identificar o autor dos disparos. O caso foi registrado no 93º DP, Jaguaré, onde foi instaurado inquérito de homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.