Disputa quase causou racha

O ex-secretário da Casa Civil do governo paulista, Aloysio Nunes Ferreira, chegou a cogitar que disputaria com Alckmin a vaga à sucessão estadual. Desistiu após avaliar que isso poderia levar a um racha no partido. Além disso, Alckmin aparece com 49% das intenções de votos nas recentes pesquisas de opinião e é o nome forte do partido para a disputa. Na semana passada, o PSDB sugeriu a pré-candidatura de Aloysio ao Senado, com Sidney Beraldo - que é ligado à Alckmin - como suplente. Outra tentativa de evitar uma divisão interna no partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.