Disputa será entre ex-governadores

A disputa pelo governo de Goiás será decidida em segundo turno, entre dois ex-governadores.

, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2010 | 00h00

O tucano Marconi Perillo obteve 46,33% dos votos válidos, enquanto o peemedebista Iris Rezende somou 36,38%. Em terceiro ficou Vanderlan Cardoso, do PR, com 16,62% dos votos.

Os votos brancos e nulos somaram 9,22% e abstenção foi de 17,97%.

A corrida ao Senado reelegeu Demóstenes Torres (DEM), que rompeu a barreira dos dois milhões de votos (44,09%). Lúcia Vânia (PSDB), com 30,56% dos votos, garantiu a segunda vaga. O ex-deputado e ex-prefeito de Goiânia, Pedro Wilson (PT) ficou em terceiro, com 17,95%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.