Divulgado retrato falado de suspeitos de incendiar ônibus no Rio

Quatro homens atearam fogo em veículo na Cidade de Deus na terça-feira; seis vítimas ficaram em estado grave

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

05 de março de 2010 | 16h10

Divulgação/Polícia Civil do Rio

 

SÃO PAULO - Policiais do 32º Distrito Policial, em Taquara, na zona oeste do Rio, divulgaram nesta sexta-feira, 5, o retrato falado de dois suspeitos de terem participado do ataque ao micro-ônibus na Cidade de Deus, em Jacarepaguá. O ataque, que ocorreu na noite de terça-feira, 2, deixou pelo menos 12 pessoas feridas, sendo seis em estado grave.

 

Os retratos foram feitos a partir do relato das vítimas, que prestaram depoimento na quarta-feira, 4. No total, a polícia já identificou cinco suspeitos. O micro-ônibus foi atacado perto de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

 

Cerca de 20 pessoas apedrejaram o veículo com passageiros e outros quatro homens jogaram combustível e atearam fogo no micro-ônibus. Policiais da UPP acreditam que o crime seja uma represália à prisão de um traficante da região.

Tudo o que sabemos sobre:
RioCidade de Deus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.