DNA de sangue encontrado em carro de Bruno deve sair ainda hoje

Expectativa é de que exame comprove que sangue pertencia a Eliza Samudio, ex-amante do goleiro

Eduardo Kattah, de O Estado de S. Paulo

07 de julho de 2010 | 15h23

BELO HORIZONTE - O diretor do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil entregará na tarde desta quarta-feira, 7, ao delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigação, o resultado do exame de DNA no sangue encontrado na caminhonete Range Rover do goleiro Bruno Fernandes, apreendida no início do mês passado durante uma blitz. O resultado deverá ser divulgado até o fim do dia.

 

Veja também:

linkPolícia procura corpo em casa em Belo Horizonte

linkGoleiro deixou casa no Rio antes de ter prisão decretada

linkSegundo menor, Eliza morreu por estrangulamento

 

A expectativa é de que o exame comprove que o sangue pertencia a Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do goleiro do Flamengo. Moreira, contudo, disse ao Estado que somente anunciará o resultado com o laudo nas mãos. Os vestígios encontrados no veículo foram confrontados com o material cedido por Luiz Carlos Samudio, pai de Eliza, e colhido do bebê da jovem.

 

A mãe da jovem, Sônia de Fátima Moura, esteve pela manhã no IC cedeu saliva para uma contraprova. "Quanto mais reforçar, melhor", comentou o diretor do instituto, Sérgio Ribeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno FernandesEliza Samudio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.