Doações serão entregues em domicílio em Santa Catarina

Alimentos não irão mais para os pontos de distribuição da Prefeitura e começarão a ser entregues nas casas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

30 Novembro 2008 | 18h39

A distribuição dos alimentos arrecadados para as vítimas das enchentes em Itajaí, em Santa Catarina, serão entregues em domicílio a partir desta segunda-feira, 01, segundo informações da Prefeitura.    Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva IML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Blog Ilha do sem Blumenau  Blog Desabrigados Itajaí  Blog Arca de Noé  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas     As doações não irão mais para os pontos de distribuição da Prefeitura e começarão a ser entregues de casa em casa. As primeiras famílias atendidas serão as localizadas nas regiões ribeirinhas do município.   Neste momento serão entregues produtos de primeira necessidade como água, alimentos e itens de higiene e limpeza. O trabalho prosseguirá por tempo indeterminado até que a situação destas famílias se normalize.   Arroz   A Secretaria de Participação e Comunicação Social, através do Centro de Arrecadação para as vítimas da enchente em Itajaí, em Santa Catarina, localizado no Parque da Marejada, está precisando de arroz com urgência para montagem das cestas básicas. A Prefeitura solicita aos que puderem fazer a doação, levar os alimentos até o Parque da Marejada.   Aeronaves   Cerca de dois mil quilos de mantimentos, roupas e cobertores foram entregues na tarde deste domingo, 30, por aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) no município de Luís Alves, além de 230 kg de vestuário para Gaspar, ambos em Santa Catarina.   Segundo o governo do Estado, Luís Alves recebeu 1.299 kg de cestas básicas, água e 650 kg de cobertores e caixas com roupas. Em Gaspar, foram descarregados 200 kg de vestuário e 30 kg de fraldas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.