Documentos mostram ligação entre Claudair, Beira-Mar e Mendonça

O Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) conseguiu no Paraguai provas da ligação entre Claudair Lopes de Faria, o CL, preso nesta segunda-feira naquele país, Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e Leonardo Dias Mendonça na venda de cocaína para o Brasil e exterior. "Eles são sócios no tráfico e no contrabando de armas", disse o diretor do Denarc, Ivaney Cayres de Souza.Beira-Mar está preso em Presidente Bernardes, no interior paulista, para onde também irá CL. Mendonça está detido em Goiás. Na casa de CL no Paraguai, o Denarc apreendeu documentos bancários que comprovam o envio de dinheiro para Beira-Mar e Mendonça. Nos últimos seis meses de 2002, os três teriam movimentado US$ 15 milhões na compra e venda de drogas.O piloto de aviões Sílvio Berri, empregado de Beira-Mar, deu fuga na noite nesta segunda-feira para Maria Vilalba, mulher de CL, provavelmente para a Colômbia. O casal morava numa casa em frente ao Lago de Ypacarai, a 35 quilômetros de Assunção, que custou ao traficante R$ 250 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.