Dois acidentes graves. João Reinaldo não resiste e morre

O operário João Reinaldo da Silva, de 27 anos, ficou gravemente ferido hoje, depois de ser atingido por um guindaste que se desprendeu na seção onde trabalhava, numa indústria de peças de Sorocaba. Depois de receber os primeiros socorros na empresa, ele era levado para o Hospital Regional, mas a ambulância chocou-se com um ônibus. Desta vez, Silva não escapou da morte. Ele trabalhava numa fundição de ferro, no distrito industrial de Sorocaba. Outros dois funcionários, Sílvio de Oliveira e Ayrton de Jesus, também se feriram no acidente de trabalho, mas sem gravidade. Eles receberam atendimento na própria empresa. O acidente com a ambulância que socorria Silva ocorreu na Avenida Dom Aguirre, próximo do centro. As causas dos dois acidentes estão sendo apuradas através de perícia técnica. A seção de acabamento de peças da indústria foi isolada.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2003 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.