Dois bebês ainda estão na UTI da Santa Casa (SP)

A diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, não deve se pronunciar nesta manhã sobre a interdição feita ontem pela Secretaria Estadual de Saúde, que admitiu existir infecção hospitalar na Santa Casa onde dez bebê morreram nos últimos dezoito dias, internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal.O local foi interditado ontem, mas segundo a reportagem da Rádio Eldorado AM/SP, dois bebê ainda estão na UTI porque não podem ser transferidos devido ao estado grave de saúde. Vinte bebês nascem diariamente na Santa Casa que recebe também pacientes de outros municípios da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.