Dois bombeiros e um PM são denunciados por extorsão no Rio

Segundo Ministério Público, eles invadiram a casa da vítima com arma de fogo

Priscila Trindade, Estadão.com.br

26 de maio de 2011 | 12h45

SÃO PAULO - O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) ofereceu denúncia contra dois bombeiros e um Policial Militar, suspeitos de extorsão e agiotagem.

Os cabos do Corpo de Bombeiros Gustavo Ribeiro Ramos e Fernando Paiva Gomes e o cabo da Polícia Militar Alexandre Silva Rodrigues Rosa foram denunciados pela Promotoria de Justiça de Japeri.

Segundo a denúncia, Ramos emprestou R$ 2 mil à vítima, que deveria pagar em 30 dias, com juros de 30%. De acordo com a denúncia, no último dia 5, os denunciados, com utilização de arma de fogo, exigiram que a vítima pagasse R$ 2.600.

Os denunciados foram até a residência da vítima, em Engenheiro Pedreira, e arrombaram a janela do imóvel. O cabo PM Alexandre usou uma arma ponto 40 para constranger a vítima, enquanto os outros reviravam a casa. O cabo Fernando chegou a afirmar que a vítima seria levada a um cativeiro, caso o dinheiro não fosse entregue.

Segundo o MP-RJ, a ação dos denunciados foi percebida pela esposa da vítima, que conseguiu fugir e acionar policiais militares, que acabaram prendendo os três em flagrante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.