Dois dos agressores de metalúrgico têm prisão decretada em Sorocaba

Foi decretada ontem a prisão de dois dos acusados de espancar o metalúrgico Fabiano Dias Rodrigues, de 23 anos, no dia 1º. Os suspeitos, Willy Rosi Athayde e Everton Airton Brás de Lima, ambos de 19, foram reconhecidos em imagens gravadas, mas não se apresentaram à polícia. Segundo o delegado José Ordele de Lima Júnior, o primeiro registra antecedente criminal por tráfico de drogas.Eles são considerados foragidos e, se apanhados, não poderão responder ao processo em liberdade. Dos seis acusados detidos até agora, só E.V.E.O., de 17, está sob custódia. Ele é o principal agressor - pulou com os dois pés sobre a cabeça da vítima -, mas ficou detido porque se encontrava em liberdade assistida por causa de tráfico de drogas. Ontem, o estado do metalúrgico melhorou, mas ele seguia em coma.AGRESSÃO POR PMSA família de um estudante de 14 anos denunciou dois PMs por agressão, ontem, em Sorocaba. O garoto reside em Mairinque e teria sido abordado durante um patrulhamento de rotina. O comando da PM transferiu para São Roque um dos envolvidos, um sargento. O outro, soldado, não foi afastado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.