Dois feridos em pouso forçado de avião em Belém

Aeronave, que apresentou problemas no motor logo após a decolagem, pousa em uma estrada de fazenda

Carlos Mendes, do Estadão,

03 Setembro 2007 | 18h28

Um avião monomotor que ia de Belém para Santa Cruz do Arari, no arquipélago do Marajó, no norte do Pará, foi obrigado a fazer um pouso forçado no começo da tarde desta segunda-feira, 3, em uma estrada de fazenda logo depois de decolar do aeroporto Júlio César. O piloto Joaquim Calixto Neto, 58 anos, teve escoriações e um corte no nariz. O passageiro Raimundo Tavares Filho, 44 anos, fraturou o braço direito.   Os dois foram levados para o Hospital Belém, onde estão internados. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local onde o avião pousou, isolando a área e impedindo a aproximação de curiosos. O combustível vazou e havia risco de explosão.   Calixto Neto contou que a aeronave começou a apresentar problemas no motor logo após a decolagem. "A única alternativa foi descer e tentar pousar rapidamente", acrescentou o piloto.   O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) mandou uma equipe para o local, de difícil acesso, nas matas da Embrapa. As causas do acidente começaram a ser investigadas ainda nesta segunda.

Mais conteúdo sobre:
Pouso forçado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.