Divulgação
Divulgação

Dois funcionários dos Correios são presos por fraude em correspondências no RS

Eles tentavam destruir centenas de correspondências em Teutônia, no interior do Estado

Priscila Trindade, estadão.com.br

01 de julho de 2011 | 10h12

SÃO PAULO - Dois funcionários dos Correios foram presos em flagrante nesta quinta-feira, 30, ao tentar destruir centenas de correspondências na cidade de Teutônia, no Rio Grande do Sul.

 

O crime passou a ser investigado após a agência receber reclamações de clientes. A dupla foi flagrada pelo gerente da agencia e por uma equipe da Polícia Militar.

 

Segundo a Polícia Federal, o número de correspondências desviadas soma em peso 94 kg, o que corresponde a aproximadamente 14 mil correspondências. Tais correspondências não eram registradas, o que dificultava a comprovação da postagem, por parte dos remetentes. Com isso, os carteiros envolvidos se beneficiavam pela diminuição de serviço.

 

Entre as correspondências violadas pelos servidores dos correios estão envelopes de remetentes estrangeiros, em especial da China, decorrentes da compra de produtos via internet. As mercadorias eram furtadas pelos funcionários.

 

Os presos foram indiciados por violação de correspondência, tentativa de destruição de correspondência e peculato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.