Dois integrantes da Portela são detidos após confusão na Cidade do Samba

Segundo a polícia, homens tentaram furar bloqueio montado nos barracões após incêndio no Rio

Marília Lopes, Central de Notícias

07 de fevereiro de 2011 | 11h23

SÃO PAULO - Dois integrantes da Portela foram encaminhados para o 4.º Distrito Policial, na Praça da Bandeira, no Rio de Janeiro. Segundo policiais do 5.ºBatalhão da Polícia Militar, os dois homens se envolveram em tumulto ao tentar furar o bloqueio para entrar na Cidade do Samba.

 

Veja também:

linkIncêndio causa desespero nas escolas de samba

linkPaes sugere que não haja rebaixamento no carnaval

 

A PM e o Corpo de Bombeiros isolaram a área após um incêndio atingir ao menos três barracões das escolas de samba do Grupo Especial - Portela, Grande Rio e União da Ilha. O fogo começou por volta das 7h e destruiu as alegorias e fantasias.

 

Houve gritaria e confusão, enquanto agentes e os integrantes da escola discutiam. De acordo com o 4º Distrito Policial, os integrantes da Portela prestam depoimento e ainda não foi registrada nenhuma ocorrência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.