Dois menores são apreendidos por morte de estudante na Unicamp

Outras três pessoas também são acusadas pelo assassinato; crime ocorreu em 21 de setembro

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

22 Outubro 2013 | 18h48

CAMPINAS - Dois menores de idade que supostamente participaram da morte do aluno da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Denis Papa Casagrande, de 21 anos, foram apreendidos pela Polícia Civil nesta terça-feira, 22.

Segundo a denúncia, os menores ajudaram o casal Maria Teresa Pelegrino, de 20 anos, e Anderson Mamede, de 21 anos, no assassinato do estudante do 2º ano de Mecatrônica, durante uma festa clandestina na Unicamp, no dia 21 de setembro.

Maria Teresa e Mamede estão detidos. Ela confessou ter dado uma facada no peito do estudante e alegou legítima defesa. Para o Ministério Público, os acusados esfaquearam e espancaram a vítima de forma cruel.

Eles foram denunciados, junto com um quinto acusado, André Motta, de 22 anos, por homicídio doloso triplamente qualificado (motivo fútil, meio cruel, com recurso que dificultou a defesa). Os maiores de idade podem ser condenados até 20 anos de prisão.

Os dois menores serão encaminhados para a Fundação Casa (antiga Febem) e podem ficar até três anos internados. Um deles tem 15 anos e o outro 18, mas no dia do crime tinha 17 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.