Dois mil litros de petróleo vazam na Baía de Guanabara

Cerca de dois mil litros de petróleo vazaram hoje de um navio desativo, chamado Meganar, na Baía de Guanabara, próximo a ponte Rio-Niterói. Técnicos da empresa responsável pela embarcação passaram o dia montando uma barreira para evitar que o óleo se espalhe. As barreiras foram cedidas pela Petrobras e a expectativa é que o trabalho de contenção termine amanhã. O vazamento foi descoberto pela Capitania dos Portos e informado ao Serviço de Poluição Ambiental da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema). A instituição informou que poderá multar a empresa responsável pelo navio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.