Dois morrem e um fica grave em troca de tiros em SP

Uma provável troca de tiros aconteceu, por volta das 21h30 da noite desta sexta-feira, à altura do número 538 da Rua Colônia Leopoldina, na Vila Sílvia, Zona Leste da capital paulista. Três homens foram baleados e levados por políciais do 2º BPMM ao Pronto-Socorro de Ermelino Matarazzo, onde dois deles morreram e um, submetido a uma cirurgia, ficou internado em estado grave.Acássio Gomes da Silva, de 18 anos, Douglas Ferraz Campos, de 26 e um jovem que não portava documentos, mulato, magro, aparentando 20 anos, são os três envolvidos no caso que foram presos pela polícia. Os PMs encontram no local três revólveres de calibre 38, com um total de 12 baladas picotadas e quatro íntegras. Estava abandonado, ali também, um automóvel Parati marrom, de placa CHR-8004, que não pertence a nenhuma das vítimas e não tem queixa de furto ou roubo. Acássio e o desconhecido morreram e Douglas encontra-se na UTI daquele hospital.Segundo moradores do bairro, foi grande o número de estampidos ouvidos naquele horário. Há a possibilidade de que as próprias vítimas tenham atirado várias vezes, umas contra as outras. Mas a polícia suspeita que outras pessoas tenham participado do confronto e se encontram foragidas. As investigações estão a cargo de políciais do 24º DP - Ermelino Matarazzo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.