Brigada Militar
Brigada Militar

Dois ônibus são incendiados em poucas horas em Porto Alegre

Não há informações sobre vítimas e suspeitos presos; polícia investiga ligação entre os crimes

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

11 Maio 2017 | 02h51

SÃO PAULO - Dois ônibus foram incendiados entre o início da noite de quarta-feira, 10, e o começo da madrugada desta quinta-feira, 11, em Porto Alegre.

O primeiro caso aconteceu no centro histórico da capital gaúcha, no horário de pico do trânsito no fim do dia. O veículo foi abordado no Terminal Parobé, próximo ao Mercado Público. Um homem teria entrado no ônibus e obrigado todos os passageiros a descer. Depois, espalhou gasolina no coletivo, ateou fogo e fugiu, conforme informou a Brigada Militar. 

Já o segundo caso aconteceu no início da madrugada desta quinta, na região da Vila Cruzeiro, área dominada por quadrilhas de tráfico de drogas na zona sul de Porto Alegre. O fogo foi controlado pelos bombeiros e pela Brigada Militar. Em nenhum dos casos houve informações sobre feridos nem sobre as causas dos ataques. 

Ataques. Há menos de 15 dias, outro ônibus foi incendiado em Porto Alegre, também sem vítimas. Em 1º dezembro de 2016, seis ônibus foram incendiados em uma única noite como retaliação após a polícia ter realizado operação de combate ao tráfico em alguns bairros da cidade

Mais conteúdo sobre:
Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.