Dois ônibus são incendiados na região metropolitana do Rio

Moradores atearam fogo nos coletivos após criança ser baleada durante confronto em Chatuba, em Mesquita

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2009 | 16h49

 

RIO - Moradores atearam fogo a dois ônibus da empresa Vila Rica no bairro da Chatuba, em Mesquita, região metropolitana do Rio, na tarde desta terça-feira, 24, depois que uma criança foi baleada. Guilherme dos Santos Severino, de 6 anos, estava na localidade conhecida como Bicão, quando um carro do 20.º Batalhão da Polícia Militar passou pelo local. Segundo os policiais, os traficantes fugiram e, na saída, fizeram os disparos. Uma das balas atingiu o menino na perna esquerda.

 

Os moradores acusam os policiais de chegarem à favela atirando. Revoltados, eles incendiaram os ônibus. O Corpo de Bombeiros e policiais militares seguiram para o local. Os ônibus ficaram completamente destruídos. De acordo com a assessoria de imprensa dos Bombeiros, duas pessoas ficaram feridas e foram socorridas pelos próprios manifestantes.

 

Guilherme foi levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas pelos policiais. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde, o estado da criança é estável. O caso foi registrado na 53.ª Delegacia de Polícia.

 

Atualizado às 18h21 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.