Dois operários morrem em obra em Pindamonhangaba

Dois pedreiros morreram em um acidente de trabalho na manhã desta quinta-feira, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, quando um muro de cinco metros de altura despencou sobre eles no prédio em que reformavam. O imóvel seria adequado para instalar uma base da Polícia Militar.Os dois, que no momento da queda do muro, retiravam entulho do local, ficaram sob os escombros. O marceneiro Jazon Ribeiro Costa, de 59 anos, morreu no local e o pedreiro José Reis Borges, de 43 anos, foi levado ao Pronto Socorro da cidade, com traumatismo craniano e afundamento de tórax. O pedreiro também não resistiu aos ferimentos. A perícia técnica esteve no local para verificar as causas do acidente. "Toda estrutura da casa está sob suspeita e o local foi interditado", informou o delegado responsável pelas investigações, Vicente Lagioto. Os engenheiros responsáveis pela obra serão ouvidos na tarde desta sexta-feira na delegacia de Pindamonhangaba. Costa será enterrado em São Paulo e Borges no cemitério municipal de Pindamonhangaba. Outro acidenteEm São José dos Campos, um outro acidente na construção civil deixou outros dois operários feridos. Um cabo de aço estourou e a grua de cerca de sete toneladas desabou de uma altura de nove metros. Os operários foram socorridos ao hospital da Vila Industrial de São José dos Campos e até a tarde de passavam bem, sem risco à vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.