Dois PMs morrem metralhados na zona norte do Rio

Dois policiais militares morreram após serem metralhados no início da manhã na Avenida Radial Oeste, zona norte do Rio. Luiz Alberto Ramos Santos Júnior, de 21 anos, e Sadi Silva Damásio, de 29, estavam em uma partulha na altura da estação de São Cristóvão do Metrô, próximo ao Maracanã, quando foram atingidos por tiros disparados por ocupantes de um Audi preto. Eles foram socorridos e levados ao Hospital Souza Aguiar, no Centro da cidade, mas não resistiram aos ferimentos.Os bandidos ainda pararam o carro e roubaram duas pistolas e um fuzil dos policiais. Mais tarde, o Audi placa LJT 9144 foi encontrado abandonado na Rua Leopoldo Bulhões, em Manguinhos, na zona norte. A Polícia Militar não soube informar quantas pessoas ocupavam o veículo dos criminosos nem quantos tiros foram disparados contra os policiais. A viatura foi encaminhada para perícia. Nenhum suspeito foi preso.Falsa blitz - Na noite de ontem, uma funcionária da Polícia Civil foi morta por criminosos em Niterói, na região metropolitana da capital. Márcia Pegorim Abreu Magalhães, que é mulher do delegado Magalhães Júnior, chefe da Delegacia Regional do Interior, foi assassinada ao tentar fugir de uma falsa blitz que era feita por seis criminosos armados no bairro de Santa Rosa. O crime ocorreu por volta das 20h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.