Dois policiais rodoviários e três traficantes são presos no Rio

Após abordagem, traficantes e policiais negociaram pagamento para droga ser liberada

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

18 de maio de 2010 | 08h46

Cinco pessoas foram presas em flagrante nesta segunda-feira, 17, durante operação de combate ao tráfico de drogas das Polícias Federal, Rodoviária e Militar, no Rio de Janeiro. Foram presos três traficantes investigados pela PF e dois policiais rodoviários federais.

 

Os traficantes traziam a droga de Foz do Iguaçu, no Paraná, destinada a abastecer o tráfico de Vitória, no Espírito Santo, e foram abordados por policiais rodoviários federais no posto de Resende, no Rio, que, ao descobrirem os 65,173 kg de maconha, pediram a quantia de R$ 15 mil para "liberar" o entorpecente.

 

Na negociação, um dos policiais reteve a caminhonete por aproximadamente 30 horas no posto da PRF em Resende até o pagamento da propina, que seria feito no Shopping Estrada em Campos. Um dos policiais rodoviários federais conduziu a caminhonete até o local do "encontro".

 

Após a conclusão do pagamento, os policiais federais efetuaram as prisões em flagrante dos indivíduos. Um dos policiais rodoviários ainda tentou uma fuga com seu automóvel, mas foi preso minutos depois pela Polícia Militar, que dava apoio à operação.

 

Três carros foram apreendidos, um Punto (que pertencia ao policial rodoviário federal), um Bora e uma caminhonete Strada, que acondicionava os 65,173 kg de maconha (ambos de propriedade dos traficantes). A droga estava escondida embaixo do forro traseiro da caminhonete.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.