Dois policiais são mortos por traficantes no Rio

Dois policiais militares foram executados durante um ataque de traficantes em Ramos, na zona norte do Rio, hoje de manhã. O sargento Télio de Jesus Graniço, de 43 anos, e o soldado Robson da Silva Barros Rosa, de 31 anos, foram atingidos por diversos tiros de fuzil, disparados por bandidos que estavam num automóvel. O crime aconteceu por volta das 7 horas. Os PMs, que eram do batalhão do Complexo da Maré, estavam saindo de uma padaria na Rua Uranos e seguiam para fazer o patrulhamento na região quando houve o ataque. Uma funcionária da padaria, Miriam Leila Ribeiro, de 44 anos, foi atingida de raspão no braço. Ela foi medicada no Hospital Geral de Bonsucesso e já recebeu alta. A loja ficou com várias marcas de tiros. Atingido na cabeça, o sargento já estava morto quando chegou ao hospital. O soldado, que foi ferido no abdome, ainda chegou a ser levado para o centro cirúrgico, onde seria operado, mas morreu durante o procedimento. O comandante do batalhão da Maré, coronel Álvaro Garcia, não soube informar de onde seriam os traficantes - a área é cercada por várias favelas. Ele não acredita que as execuções tenham sido uma represália a operações da PM na região, uma vez que não houve ocupações nos últimos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.