Dois são presos por morte de ex-vereador de Franco da Rocha

A vítima foi assassinada em setembro de 2010 e o caso foi esclarecido como crime passional

estadão.com.br,

09 de dezembro de 2011 | 18h51

SÃO PAULO - Após um ano de investigação, policiais civis da Delegacia de Franco da Rocha prenderam nesta sexta-feira, 9, dois homens acusados de matar o ex-vereador de Franco da Rocha, Rubens Domingos Mamone, em setembro de 2010. O caso foi esclarecido como crime passional.

O vereador teve um relacionamento com a namorada de um dos suspeitos e acabou sendo morto pela dupla quando estava em uma farmácia. Ele foi atingido por aproximadamente doze tiros.

Um dos homens foi detido próximo à sua residência e o outro foi preso dentro de casa, onde também foram apreendidos um revólver calibre 32 e drogas.

Mais conteúdo sobre:
ex-vereador, Franco da Rocha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.