Dois são presos por pedofilia em SP durante operação da PF

Serão mais de cem mandados de busca e apreensão, cumpridas em 14 Estados e no Distrito Federal

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

20 de dezembro de 2007 | 09h21

Duas pessoas foram presas em flagrante em São Paulo na manhã desta quinta-feira, 20, durante a operação Carrossel, da Polícia Federal, que tem como objetivo reprimir a prática de pedofilia na rede mundial de computadores. A ação ocorre simultaneamente em 14 estados e no Distrito Federal.   Cerca de 410 policiais cumpririam 102 mandados de busca e apreensão, que foram expedidos pela 12ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal. Durante a ação devem ser apreendidos computadores, CDs, DVDs e qualquer material que configure a prática do crime de pedofilia.   As investigações, iniciadas em agosto de 2007, localizaram fotografias e vídeos com conteúdo pedófilo que estavam sendo disponibilizados para cópia por usuários de programas de troca de arquivos.   Os policiais mapearam os endereços das máquinas utilizadas (conhecido como IP - Internet Protocol) para compartilhamento do material pornográfico e identificaram usuários em mais de 78 países, que foram avisados por meio da representação da Interpol no Brasil e pelas adidâncias da Polícia Federal em diversos países.   Matéria ampliada às 10h08

Tudo o que sabemos sobre:
PedofiliaPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.