Dom Aloísio Lorscheider deixa a UTI em Fortaleza

O arcebispo emérito de Aparecida, interior de São Paulo, dom Aloísio Lorscheider, de 81 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza. Ele foi transferido para a Unidade de Terapia Semi-Intensiva, devendo receber alta no próximo fim de semana. O religioso deu entrada no hospital na manhã do dia 12 deste mês, apresentando um quadro de insuficiência cardíaca e infecção respiratória, que foi agravado posteriormente por uma insuficiência renal.De acordo com o médico Glauco Lobo, dom Aloísio precisou de apenas duas sessões de hemodiálise. Ele vem se exercitando e caminha pelos corredores com a ajuda de fisioterapeutas.As visitas ainda estão limitadas. Somente o padre Evaristo Marcos, que é secretário do arcebispo, tem permissão para visitá-lo. Dom Aloísio começou a passar mal logo depois de desembarcar em Fortaleza, no dia 11, onde cumpriria uma vasta agenda. Aposentado, ele mora em Porto Alegre desde 2002, no convento dos franciscanos. Em Fortaleza, ele foi arcebispo durante 22 anos (1973-1995).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.