Dom Aloísio Lorscheider deixa o hospital após 23 dias

O arcebispo emérito de Aparecida, interior de São Paulo, dom Aloísio Lorscheider, de 81 anos, deixou o hospital Monte Klinikum, depois de 23 dias de internação. Ele recebeu alta médica na tarde de domingo e já está acomodado no palácio episcopal, no Seminário da Prainha, na Praia de Iracema, na Orla de Fortaleza. Dom Aloísio veio a Fortaleza para uma temporada de férias. Sentiu-se mal horas depois de desembarcar e ficou internado por três semanas apresentado um quadro de infecção respiratória que atingiu os pulmões, depois o coração. O religioso tem várias pontes de safena e é diabético, por isso precisou ir para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e passar por duas sessões de hemodiálise. Dom Aloísio foi arcebispo de Fortaleza entre as décadas de 70 e 90. Concluiu a Catedral Metropolitana em 1980 e é muito querido pelos católicos do Ceará. Atualmente, o bispo mora no Rio Grande do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.