Doméstica é assassinada pelo genro

Inconformado com a interferência dos sogros no relacionamento do casal, o ajudante geral Gilmar Ferreira do Nascimento, de 21 anos, matou a tiros a mãe de sua mulher, a doméstica Creonice Fontebaixa de Oliveira, de 60 anos, ontem à noite, em Sorocaba. Nascimento tentou matar também o sogro, o aposentado Adriano de Oliveira, de 60 anos, mas o revólver, de calibre 38, falhou. O casal queria que o genro regularizasse sua relação com a filha.O crime ocorreu na casa dos sogros, no Jardim Marcelo Augusto, periferia da cidade, onde o ajudante vinha morando com a mulher. Creonice foi morta no quarto, após uma discussão. Oliveira correu para socorrer a esposa e também teria sido baleado, se a arma não falhasse. Nascimento foi preso horas depois, na casa de um tio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.