Domingo de sol e trânsito no Litoral Norte

Muito calor, sol e congestionamentos no último domingo de 2002 no Litoral Norte. Além de driblar as temperaturas que variaram hoje entre 30 e 34ºC, os turistas tiveram que ter dose extra de paciência e bom humor para transitar entre as cidades de Caraguatatuba e Ubatuba. A procura pelas praias de Maranduba, Praia Grande e Martin de Sá e Massaguaçu complicou o trânsito.Na saída de Caraguatatuba, próximo ao km 98 da Rodovia dosTamoios, o excesso de veículos dificultava a fluidez do trânsito. O trajeto pela SP 55, entre Caraguatatuba e Ubatuba, que normalmente dura uma 1 hora e 20 minutos, durava cerca de duas horas e meia.No centro de Caraguatatuba um percurso de seis quilômetros, entre as praias Massaguaçu e Martin de Sá, tinha que ser feito em meia hora. Apesar da lentidão, os turistas não perdiam o bom humor. A família do aposentado Antonio Oliveira Medeiros afirmou que estava preparada para o sufoco. "Chegamos ontem de Campinas e já sabíamos que aqui ia estar lotado. Mas é sempre assim". Munidos de boné, protetor solar, água e cerveja, os turistas desciam dos carros quando o congestionamento era inevitável.Depois de conseguir chegar ao destino a outra tarefa era conquistar um lugar ao sol nas areias das praias. Das 9 horas da manhã até às 16h30 conseguir um espaço na praia Martin de Sá, em Caraguatatuba, não foi tarefa fácil. "Aqui a gente disputa espaço até com os ambulantes", disse o vendedor Marcos Carvalho.Com o excesso de veículos os estacionamentos ficaram lotados. Para transitar pela cidade os moradores de Caraguatatuba e Ubatuba optavam por sair a pé. "Vamos às praias mais próximas para não ter que enfrentar esse trânsito" disse a dona-de-casa Neide Soares, de Ubatuba. Neste ano a movimentação começou mais cedo por causa do final de semana que antecede a virada do ano. Nestes cinco dias, cerca de 2,3 milhões de pessoas devem estar no Litoral para aproveitar o feriado do Reveillon.Estradas - Pelas rodovias Tamoios e Oswaldo Cruz o trânsito durante todo o domingo fluiu bem, sem pontos de congestionamento. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, pela SP 99, Rodovia dos Tamoios, o movimento maior foi durante a manhã, quando desciam para Caraguatatuba cerca de 28 carros por minuto. À tarde este número caiu para 19 e não houve pontos de lentidão ou qualquer problema durante o trajeto entre São José dos Campos e Caraguatatuba. Pela SP 125, Rodovia Oswaldo Cruz, a situação também foi de trânsito acima do normal, mas com poucos acidentes e sem congestionamentos. Na travessia entre São Sebastião e Ilhabela seis embarcações faziam o trajeto entre os dois municípios initerruptamente. Apesar da grande quantidade de carros a espera era de 15 minutos, segundo a Dersa, empresa que administra a travessia de balsa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.