Dona-de-casa é violentada e fica 41 horas em cativeiro

A dona-de-casa R.R.S., de 26 anos, por volta das 20h deste domingo, foi solta de um cativeiro, onde ficou mais de 40 horas, localizado na Rua João Justino da Silva, no Jardim Russo, região de Perus, zona Norte da capital.Policiais militares do 4º Batalhão chegaram até a residência, onde a vítima foi violentada e obrigada a consumir droga, após abordarem, na Rua Bamburral, no mesmo bairro, Elton da Silva, 18, e James Rubens dos Santos Mendes, 22, que ocupavam o Fiat Palio, placas HBM 6552/BH. Como havia registro de desaparecimento do veículo, que era ocupado pela vítima no momento do rapto, a dupla acabou confessando que a jovem estava seqüestrada e levou a PM até a casa, de onde um terceiro bandido, o autor do estupro, fugiu antes da chegada da polícia.R.R.S. foi raptada às 3h de sábado numa rua próximo à estação Luz, do Metrô. Ela mora na Suíça e veio passar alguns dias no Brasil, onde é casada com um caminhoneiro. Os bandidos já haviam entrado em contato com a família da jovem, mas o valor do resgate ainda não tinha sido acertado.Uma adolescente, que teria ligação com os bandidos, foi detida próximo ao cativeiro, mas ainda está sendo averiguada pelo delegado Leonardo Botolaça, do 46º Distrito Policial, de Perus. Elton e James foram autuados por seqüestro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.