Dono da carga de maconha apreendida pela PF é integrante do PCC

Além da carga de 6,5 toneladas de maconha e 2,5 quilos de haxixe, apreendida pela Polícia Federal, na madrugada desta terça-feira, 13, na Vila Brasilândia, zona norte da capital, o Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc) prendeu o vendedor Flávio Rodrigo Mota Fonseca, de 24 anos. Fonseca é líder da quadrilha que transportava a droga, acondicionada em sacas de feijão transportadas em uma carreta Scania. Integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) e conhecido como Baleado, o acusado é foragido do Presídio de Presidente Bernardes e está condenado a mais de 100 anos de prisão.O Denarc investigava a quadrilha há quatro meses. Porém, houve cruzamento de investigação com os agentes da PF. Flávio foi preso a poucos metros do local da apreensão das drogas, tentando fugir em um carro. O preso foi transferido no início da tarde desta terça para um presídio de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.