Dono de farmácia e gerente de supermercado são presos no Rio

Policias civis realizaram as abordagem a partir de informações repassadas ao Disque Denúncia

estadão.com.br,

14 de dezembro de 2011 | 20h02

SÃO PAULO - O dono de uma farmácia e o gerente de um supermercado foram presos nesta quarta-feira, 14, após policiais civis constatarem irregularidades nos dois estabelecimentos na Baixada Fluminense.

Na farmácia na Rua Alberto Melo, em Comendador Soares, eram comercializados medicamentos controlados sem prescrição médica. Um homem de 44 anos, responsável pelo local, foi preso e autuado em flagrante.

Em outra ação, os policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Saúde Pública (DRCCSP) encontraram embalagens de castanha caju do norte e outras de carne sem a data de validade em um mercado, na Avenida Nossa Senhora da Graça, em São João de Meriti. O gerente do estabelecimento foi preso em flagrante por crime contra a relação de consumo. Ele pagou fiança e responderá em liberdade.

Os agentes realizaram as abordagem a partir de informações repassadas ao Disque Denúncia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.