Dono de jornal é morto a tiros em MT

O empresário Sávio Brandão, de 39 anos, dono dojornal Folha do Estado, de Cuiabá, foi morto com oito tiros no peito e na cabeça na tarde desta segunda-feira.O empresário foi atingido por oito tiros de pistola disparados por dois motoqueiros em frenteàs obras do novo prédio do jornal, um dos três maiores de Mato Grosso.O delegado Simael Ferreira, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou no começo da noite que a polícia ainda não tem pista dos assassinos. ?Dizem que ele não tinhaproblemas com ninguém", disse o delegado.Suspeita-se de que ele tenha sido vítima de crime de pistolagem. O jornal publicou várias matérias denunciando a existência de uma rede de máquinas caça-níqueis do Rio de Janeiro e MinasGerais controladas em Cuiabá por um empresário testa-de-ferro ainda não identificado pela polícia.O secretário de Segurança Pública, Benedito Corbelino, solicitou ao procurador-geral de Justiça, Guiomar Theodoro Borges, a designação de um membro do Ministério Público para acompanhar as investigações.Corbelino também determinou às polícias civil e militar que desenvolvessem uma grande operação para chegar aos culpados. "Mato Grosso não pode mais admitir crimes de pistolagem como este. Temos que fazer valer a autoridade do Estado", afirmou ele.O governador Rogério Salles repudiou o crime. Segundo o governador, se o crime teve como objetivo atingir o jornal de propriedade doempresário, a ação configura algo mais grave. "Neste caso são atingidas também a liberdade de imprensa e a democracia."O sindicato dos jornalistas do Mato Grasso divulgou nota condenando o assassinato do empresário, dono de jornal, rádio, gráfica, empreiteira e empresa de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.