Dono de posto é preso ao se passar por policial em São Paulo

Homem usa identidade falsa e deve ser indiciado por estelionato

Agencia Estado

22 de junho de 2007 | 16h42

O dono de um posto de combustível foi preso na Casa Verde, bairro da zona norte de São Paulo, por volta das 5 horas desta quinta-feira, 21, ao tentar se passar por policial da Delegacia de Roubos a Bancos de Jacareí, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Pela manhã, Jean Rodrigo Rhenyscher ligou para a Polícia Civil e pediu apoio com a alegação de que seu posto estava sendo roubado. Três equipes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) partiram para o local. Lá, eles pediram a funcional de Rhenyscher, que não soube dar informações sobre sua função. Ele foi conduzido ao 13º Distrito Policial, da Casa Verde. Depois, um funcionário do posto levou à delegacia a identidade policial falsa usada por Rhenyscher. De acordo com a Secretaria de Segurança, o preso deve ser indiciado por usurpação de função pública e estelionato.

Tudo o que sabemos sobre:
estelionatoPolícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.