Dono de salão de beleza sobrevive a 10 disparos

Dois bandidos morreram, dois foram presos e duas vítimas foram baleadas durante assalto a um salão de beleza em Pirituba, zona oeste de São Paulo, anteontem à noite. O dono do salão, que foi feito de escudo humano pelos bandidos, levou dez tiros e sobreviveu. Uma funcionária baleada também não corre risco de morte. O Centro de Estética Belíssima, na Avenida Mutinga, foi invadido por quatro homens às 20h15. Vários funcionários e clientes estavam no local. Por telefone, uma testemunha avisou a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.