Donos da clínica condenados a indenizar família de interno

Os três donos da clínica Santa Genoveva, onde morreram 102 idosos entre abril e junho de 1996, terão de pagar mil salários mínimos de indenização à família de um dos internos. Ethelda de Andrade morreu dentro da clínica há cinco anos, aos 81 anos. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, por dois votos contra um, pela 11ª Câmara Cível do Rio.Mansur José Mansur, Eduardo Quadro Spínola e Maria Teresa Spínola ainda poderão recorrer da decisão, que abre precedente para que as demais famílias também sejam indenizadas.Os desembargadores Cláudio de Mello Tavares e Otávio Rodrigues votaram a favor do pagamento da indenização e o desembargador Edson Vasconcelos foi contra.Somente Mansur José Mansur responde a 21 processos na área cível e um na criminal - 14 já foram julgados, ganhos em primeira instância (em quatro, também na segunda instância) e a ação criminal está parada. A clínica, localizada em Santa Teresa no centro do Rio, foi fechada após as mortes.No ano passado, o Conselho Federal de Medicina abrandou a punição aos donos da clínica, transformando a cassação de seus registros, definida pelo Conselho Regional de Medicina, em censura pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.