Doze policiais são presos por cobrar propina de contrabandista no PR

Suspeita é de que veículos com contrabando, como droga e armas, tinham passagem facilitada

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

16 de abril de 2010 | 11h56

Vinte e sete pessoas foram presas, entre elas 12 policiais civis, nas cidades de Foz do Iguaçu e Santa Teresinha, no Paraná, suspeitos de facilitar a passagem de veículos com produtos contrabandeados, drogas e armas, por estradas vicinais, perto da BR-277.

 

Segundo a Polícia Militar, que participou da Operação Desvio junto com agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), esses policiais presos montaram um esquema para extorquir os contrabandistas.

 

Alguns policiais se posicionavam nos 22 quilômetros da estrada vicinal, que liga as cidades de Foz do Iguaçu e Santa Teresinha, após informações dos 'olheiros', que indicavam quem eram os contrabandistas que seriam extorquidos. Eram cobrados de R$ 50 a 100 por carro, segundo a PM.

 

Além dos policiais civis, foram presos também um guarda municipal e 14 olheiros. Ao todo, foram expedidos 19 mandados de prisão contra policiais e outros 16 contra pessoas civis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.