Doze presos fogem do CDP de Hortolândia

Doze presos fugiram do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia, nesta madrugada. Eles cavaram um túnel de dez metros de comprimento e um metro de diâmetro, e conseguiram alcançar a rua, por volta das 5h30. Um dos detentos foi recapturado logo em seguida. Até o final da tarde, nenhum outro preso havia sido localizado pela polícia.De acordo com policiais do CDP, a última vistoria foi feita há cinco dias e o túnel pode ter sido construído nesse período. A administração do Complexo Penitenciário de Hortolândia irá instaurar sindicância para apurar a fuga. O coordenador das Unidades Prisionais da Região Central de São Paulo, João Batista Paschoal, não foi encontrado para falar a respeito.Segundo seus assessores, ele participa de uma inauguração em outra cidade. O assistente do coordenador, José Reinaldo da Silva, foi procurado, mas não se manifestou. O Complexo de Hortolândia abriga pouco mais de 5 mil presos em seis unidades, uma delas inaugurada na semana passada, com 300 presos. As cinco restante têm 900 detentos, em média, cada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.