Duas bombas explodem em complexo judiciário de Campinas

Duas bombas explodiram por volta das 13h30 na Cidade Judiciária, em Campinas, no interior de São Paulo, segundo informou a Polícia Militar. Pelo menos 500 pessoas foram evacuadas do Bloco B da Cidade Judiciária, complexo onde funcionam a varas Cíveis, da Infância e Juventude e os juizados da cidade, na estrada Campinas-Mogi Mirim. O esquadrão anti-bomba da PM foi acionado, mas ainda não há confirmação se os artefatos eram caseiros. A presidente da OAB de Campinas, Teresa Doro, disse não acreditar na possibilidade de ligação das explosões na Cidade Judiciária com o caso do assaltante que mantém, há pelo menos 27 horas, uma mulher e duas crianças reféns. A caixa Mara Silva Souza, 30 anos, e os filhos Thiago, 7, Victor, 10, e Murilo, 3, estão detidos na própria casa desde as 13 horas de terça no bairro Jardim Campos Elíseos.

Agencia Estado,

25 Abril 2007 | 14h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.