Duas brasileiras são detidas com 4,1 quilos de cocaína no Peru

A polícia peruana apreendeu na segunda-feira 8,3 quilos de cocaína ao deter duas brasileiras e dois holandeses que tentavam viajar para Madri do aeroporto internacional de Lima, informaram à Efe porta-vozes oficiais.A Direção Antidrogas peruana deteve as irmãs brasileiras Juliana e Adriana de Araujo Moreira, de 24 e 19 anos, respectivamente, com 4,1 quilos de cocaína escondidos em suas roupas.O holandês Anthony Rajiv, de 21 anos, foi preso com três quilos de cocaína escondidos em teares andinos. Já seu compatriota Nayishin Rashiat, de 24 anos, foi pego com 50 cápsulas da droga em sua mala e outras 120 no estômago.As irmãs brasileiras declararam à polícia que foram oferecidos a cada uma delas cerca de US$ 3.000 para levar a droga até Madri.Segundo o Relatório Mundial das Drogas 2006, do Escritório das Nações Unidas contra a Droga e Crime (UNODC), o Peru é o segundo maior produtor de cocaína do mundo, atrás apenas da Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.