Duas caras

O jantar de hoje na casa de Marta Suplicy tem o pretexto político de aproximar Dilma Rousseff dos membros do PT em São Paulo. Na prática, vai estar todo mundo lá logo mais de olho no primeiro cara a cara entre a anfitriã e a convidada de honra, depois que a ministra entregou sua imagem aos cuidados de clínicas especializadas. As comparações serão inevitáveis!Espera-se, de um lado, que a mãe do PAC aproveite o compromisso social para avançar um pouco mais no processo iniciado no finalzinho do ano passado pela turma do bisturi. Depois vieram os cabeleireiros, os maquiadores, talvez à noite estreie algum figurinista. A dona da casa, por sua vez, deve ter preparado para a ocasião algum pequeno ajuste de expressão. Sempre rola uma coisinha ou outra quando Marta passa quase três meses sumida.Será, de toda forma, uma noite memorável para a cirurgia plástica brasileira, uma escola de talentos que, lá fora, já é tão respeitada quanto as técnicas de depilação que o País exporta. O José Genoino tem uma tese ótima a respeito, mas reserva-se o direito de só falar no jantar. SE DEUS QUISER Liza Minnelli busca um parceiro musical no Brasil, mas também não vai reclamar se encontrar alguém como o Jesus da Madonna pelo caminho de sua turnê.?TÔ FORA!?Em reencontro com a imprensa pautado pelo combate às drogas, FHC defendeu a descriminalização da maconha e a criminalização eleitoral de Lula.Que geração é essa? Que diabos a classe média está criando em casa?! Tem pai dando graças a Deus por manter o filho no noticiário dos trotes violentos nas universidades. "Ele podia estar traficando ecstasy na internet!"A fila está andandoRepara só: num dia é a Nissan, no outro a General Motors, ontem foi a vez da Pioneer anunciar a dispensa de milhares de funcionários. Isso quer dizer o seguinte: as grandes corporações multinacionais estão fazendo rodízio de demissões.Sai de BaixoCom a vitória da direita em Israel, até chuva de granizo em Tel-Aviv servirá de pretexto a bombardeios na Faixa de Gaza. Grupo da boa açãoJá está quase tudo pronto para o Corinthians adotar em caráter definitivo o patrocínio social na camisa do clube. Falta ainda convencer os jogadores de que dinheiro não é tudo na vida.Sorry periferiaJosé Dirceu voltou de Nova York, onde foi para estudar inglês, com um chumaço revigorado de pelos sobre a testa. Ou seja, enganou todo mundo de novo. Essa não!Antes que a oposição pague o mico de acusar, convém aqui esclarecer que o cometa Lulin, com passagem pelo céu do Brasil anunciada para o carnaval, não é filho do homem. E não se fala mais nisso, OK?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.