Duas cidades do ES decretam situação de emergência devido às chuvas

Estado contabiliza uma morte e mais de 12 mil moradores afetados pelos temporais neste ano

04 Janeiro 2012 | 12h17

SÃO PAULO - As frequentes chuvas que atingiram o Espírito Santo desde o início do ano já afetaram 23 municípios do interior do Estado, sendo que os municípios de Ibatiba e Domingos Martins decretaram situação de emergência.

As outras cidades prejudicadas são: Colatina, Itarana, São Roque do Cannaã, Governador Lindemberg, Rio Bananal, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Alegre, Piúma, Linhares, Baixo Guandu, Santa Leopoldina, Laranja da Terra, São José do Calçado, Itaguaçu, Marilândia, João Neiva, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Bom Jesus do Norte e Nova Venécia.

Levantamento da Defesa Civil mostra que 12.135 pessoas sofrem com o mau tempo. Deste total, 178 estão desabrigadas e outras 1.029 estão desalojadas. No total, 562 imóveis foram danificadas pelas chuvas, deslizamentos e quedas de árvores. Doze pessoas ficaram feridas no Estado e uma morreu na cidade de Piúma após ser atingida por uma estrutura metálica que desabou.

Nos primeiros dias do ano choveu em Vitória, por exemplo, 67,2% do previsto para o mês, que é de 150 mm. Em Alegre, o acumulado de chuvas alcançou 139,4 mm, ou seja, 69,7% de um total de 200 mm previsto para todo o mês. Também em Santa Teresa houve o registro de 131,6 mm de chuvas, sendo que o previsto para todo o mês era de 225 mm. As áreas dos municípios prejudicados estão sendo vistoriadas e monitoradas pelas defesas civis municipais e estadual.

O texto foi atualizado às 18h02.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.